8 de nov de 2012

Critérios para um diagnóstico informal da dislexia

Critérios para um diagnóstico informal da dislexia
(por critérios de exclusão)
Ficha Individual de Observação de Alunos com Dificuldades de Leitura
Assinalar, as observações verificadas na escola pelos professores ou em casa pelos pais, quanto ao desem
penho escolar e atitudes do aluno(a): (S) para SIM (N) para Não
[ ? ] no caso de dúvida
I - SINTOMATOLOGIA ESSENCIAL:
[ ] Tem oito anos ou mais.
[ ] Tem atraso na leitura de dois ou mais anos com relação às crianças da mesma idade.
[ ] Sua velocidade na leitura é inferior a 50/60 palavras por minuto.
[ ] Comete erros frequentes na leitura (omissões, substituições, inversões de fonemas - vogais e consoantes sonoras).
[ ] Sua compreensão de texto é muito pobre.
[ ] Seu quociente de inteligência (Q.I) é normal ou superior.
[ ] Não apresenta perturbação sensorial.
II - SINTOMATOLOGIA ASSOCIADA:
[ ] Apresenta um baixo rendimento na área de ortografia.
[ ] Tem um rendimento baixo no cálculo matemático, especialmente a
multiplicação.
[ ] Apresenta movimentos involuntários associados, especialmente quando lê e escreve.
[ ] Não gosta de ir à escola (Fracassa nas avaliações parciais, não gosta do meio escolar, falta de motivação para aprendizagem).
[ ] Apresenta ansiedade e medo na hora de ler em voz alta.
[ ] Apresenta erros frequentes na escrita (omissões, substituições, adições e inversões de letras).
III - FATORES DE PRÉ-DISPOSIÇÃO PARA DISLEXIA:
[ ] Apresenta problemas de lateralidade esquerda-direita, acima-abaixo.
[ ] A escola em que estuda não tem métodos eficientes e professores habilitados. Diversas formas de dispedagogias (Método ruim, professor desqualificado).
[ ] Os professores têm detectado mais ou menos rápido as dificuldades de leitura do(a) aluno(a).
[ ] Não há uma orientação pedagógica ou psicopedagógica adequada, na escola,para a reeducação linguística do aluno.
[ ] Sua aprendizagem de leitura e escrita foi precoce, isto é, verificou-se no período da educação infantil.
[ ] O(a) aluno(a) tem apresentado alterações na fala (articulação de fonemas e palavras), baixo nível de vocabulário, pobreza de expressão oral e se comunica mais com gestos.
[ ] O meio familiar é desfavorável à aprendizagem da leitura.
[ ] Verificam-se dificuldades semelhantes em familiares.
[ ] Seu esquema corporal não é adequado à sua idade.
[ ] Apresenta dificuldades de concentração ou atenção durante as atividades escolares, na escola e em casa.
[ ] Apresenta problemas de conduta escolar (indisciplinado, troca de escolas, escolaridade insuficiente, distorção série/idade e internações).
IV - DIFERENCIAIS IMPORTANTES
[ ] Não existe diagnóstico nem evidência médica de retardo mental.
[ ] Não existe diagnóstico nem evidência médica de transtorno neurológico.
[ ] Não existe diagnóstico nem evidência fonoaudiológica de problemas de audição.
[ ] Não existe diagnóstico nem evidência médica de defeitos de visão.
V - CRITÉRIOS PARA O DIAGNÓSTICO INFORMAL (Psicopedagógico)
[ ] Apresenta dificuldade importante de leitura para captar o sentido a partir da leitura de textos escolares.
[ ] O rendimento na leitura é surpreendentemente menor do que o esperado, dada sua escolarização e o rendimento geral em outras áreas linguísticas e escolares.
Solicitar outras informações que são consideradas relevantes.
Tradução e adaptação do Prof. Vicente Martins




Colaboração da psicopedagoga Silvia \Helena Viana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Distúrbios de Aprendizagem

Loading...

Psicopedagogia

Loading...

Dislexia

Loading...

TDAH

Loading...

AEE

Loading...

Língua Portuguesa

Loading...

Cérebro

Loading...

Minha lista de blogs

Revista INCLUSIVE

div id=Inclusive-Widget>