26 de abr de 2012


Estímulo à leitura é a proposta 

de projetos de escola de MS


Quarta-feira, 25 de abril de 2012 - 09:44


Projeto desenvolvido na escola sul-mato-grossense pretende estimular o hábito da leitura entre os 680 estudantes matriculados, da educação infantil ao nono ano do ensino fundamental (foto: João Bittar–arquivo MEC)










Na Escola Municipal Professor Virgílio 
Alves de Campos, em Campo Grande,
 Mato Grosso do Sul, o incentivo à leitura 
é uma preocupação constante e faz 
parte de diferentes projetos. 
A Roda de Leitura, realizada na 
Biblioteca Pedro José da Silva, é 
exemplo de projeto programado 
para estimular o hábito entre os
 680 estudantes matriculados na 
instituição, da educação infantil 
até o nono ano do ensino fundamental.

De acordo com Analu Roncaglio 

Fernandes, funcionária da biblioteca,
 a Roda de Leitura é uma atividade 
pré-agendada, realizada com uma turma
 diferente a cada dia. Começa 
com a narração de uma história. 
Depois, os estudantes fazem leitura
 livre e escolhem um livro para ler em casa.

Outro exemplo de projeto é a Roda

 do Meio Ambiente e Saúde, criada
 para incentivar a leitura, despertar
 a consciência ecológica e os
 cuidados com a saúde e o meio ambiente. 
Segundo Analu, um setor da biblioteca 
reúne livros, revistas, gibis e outras
 publicações sobre esses temas. 
O material está à disposição dos professores.

A Sacola da Leitura é outro projeto. 

O nome vem do material, feito em 
tecido, usado para acondicionar 
a obra a ser levada pelo estudante 
para a leitura em casa. Na sacola
 vão também orientações para 
pais e responsáveis. A cada dia, 
três alunos de cada série podem 
escolher um livro, que deve ser 
devolvido à escola depois da leitura.

Gibi — A professora Mônica Inácio 

de Oliveira Prestes, que leciona nos
 anos iniciais do ensino fundamental, 
desenvolveu vários projetos de estímulo
 à leitura nos 15 anos de atuação no
 magistério. Atualmente, tem 
trabalhado com o Projeto Gibi. 
“Uma vez por semana, os alunos
 vão à biblioteca, escolhem gibis
 de um tema único para toda a sala
 e os levam para ler em casa no fim 
de semana”, explica Mônica. Depois da 
leitura, cada estudante deve elaborar
 de três a cinco perguntas sobre a
 história para fazer aos colegas na
 sala de aula, de forma a gerar um
 debate sobre os temas.

Formada em pedagogia, com licenciatura

 plena em educação infantil e ensino
 fundamental e pós-graduação em 
mídias na educação e psicopedagogia
 clínica e institucional, Mônica 
trabalha também com o projeto
 Ciranda da Leitura. “Os alunos 
estão lendo, em média, oito livros
 da roda por mês, com um resultado 
significativo na melhoria da leitura 
e da escrita”, revela.

Nesse projeto, cada aluno escolhe 

duas obras. Depois, as troca com 
os colegas. Após a leitura, os estudantes 
relatam, recontam e ilustram o que
 leram e respondem a perguntas 
dos colegas. Algumas vezes, os
 familiares participam das atividades, 
ao recontar as histórias. 

Fátima Schenini


Saiba mais no Jornal do Professor

Palavras-chave: biblioteca,
 leitura, projetos

24 de abr de 2012

Lei declara Paulo Freire patrono da educação brasileira

Freire é considerado um dos principais pensadores da história da pedagogia

19 de abril de 2012

definir tamanho aA aA


Freire é considerado um dos principais pensadores da história da pedagogia
Freire é considerado um dos principais pensadores da história da pedagogia
Foi publicada no "Diário Oficial da União" da última segunda-feira (16) a lei que declara o educador Paulo Freire patrono da educação brasileira. A lei é assinada pela presidente Dilma Roussefff.
Considerado um dos principais pensadores da história da pedagogia mundial, Paulo Reglus Neves Freire (1921-1997) foi educador e filósofo e influenciou o movimento chamado pedagogia crítica. Sua prática didática fundamentava-se na crença de que o estudante assimilaria o objeto de análise fazendo ele próprio o caminho, e não seguindo um já previamente construído.
Nascido no Recife, Freire ganhou 41 títulos de doutor honoris causa de universidades como Harvard, Cambridge e Oxford. Foi preso em 1964, exilou-se depois no Chile e percorreu diversos países, sempre levando seu modelo de alfabetização, antes de retornar ao Brasil em 1979, após a publicação da Lei da Anistia.
Fonte: Globo.com


Fonte: http://www.portaleducacao.com.br/pedagogia/noticias/51672/lei-declara-paulo-freire-patrono-da-educacao-brasileira 

Notícia o dia

Estado de saúde de Pedro, filho de Leonardo, é considerado grave


De madrugada, Pedro chegou a ter uma parada cardíaca de seis minutos. A temperatura subiu muito, mas à tarde, a pressão arterial ficou estável.

É grave o estado de saúde do cantor Pedro, filho de Leonardo, de 24 anos. Ele capotou o carro na última sexta-feira quando voltava de um show. Na noite desta segunda-feira (23) fãs ainda estiveram na porta do hospital, onde o cantor Thiago, que faz dupla com Pedro, também estava em busca de notícias. “A gente ainda está muito confiante, o Pedro vai sair dessa, tenho certeza”, diz Thiago.

A vigília durou o dia todo. De madrugada, Pedro chegou a ter uma parada cardíaca de seis minutos. A temperatura subiu muito, mas à tarde, a pressão arterial ficou estável e que a febre foi controlada.

Pedro ainda não pode ser transferido para o Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, como quer a família. O quadro de saúde dele ainda inspira muitos cuidados. Há uma inflamação no pulmão. O inchaço do cérebro, apesar de ter diminuído, ainda preocupa a equipe médica. O mesmo acontece com o funcionamento dos rins.

O acidente que deixou Pedro em estado gravíssimo aconteceu na sexta-feira (20), perto da divisa de Minas Gerais com Goiás. Um senhor viu tudo. “Vi quando o carro balançou na pista, saiu ai deu muita poeira, já não consegui ver o carro dele mais, só muita poeira”.

Fãs gravaram o show em Uberlândia, que aconteceu horas antes do acidente. O cantor Leonardo, que esteve no hospital visitando o filho, que está em coma induzido. “Porque o médico falou que era para falar no ouvido dele, porque realmente ajudaria. Eu falei tudo de bom ali para trazer uma força maior pra ele. Mas é com Deus mesmo”.



Fonte: http://www.faxaju.com.br/viz_conteudo.asp?id=138543

22 de abr de 2012

Deficiente visual completa 10 anos de fotografia em Sorocaba, SP

Deficiente visual completa 10 anos de fotografia em Sorocaba, SP

Teco Barbero aprendeu a superar sua deficiência para registrar o mundo.
Fotógrafo também é jornalista, assessor de imprensa e professor.


Teco Barbero com sua fiel e inseparável companheira de trabalhoads (Foto: Adriane Souza/G1) 
Teco Barbero com sua fiel e inseparável companheira
de trabalhoads (Foto: Adriane Souza/G1)
Em 2002, Teco Barbeiro redescobriu o mundo. Com apenas 5% da visão, o então estudante de jornalismo se matriculou em um curso de fotografia. Apesar de não acreditar em sua própria capacidade na época, Teco revela ao G1 que hoje é testemunha de que não existem limites para a vontade humana. “Fotografia é a minha vida”, define o jornalista, assessor de imprensa, fotógrafo e professor.
Nascido em Sorocaba (SP), Antônio Walter Barbero, 30 anos, conta que a paixão pela comunicação o levou a cursar jornalismo. “Na faculdade conheci o Werinton Kermes, que trouxe a proposta de um curso de fotografia para deficientes visuais”, relembra Teco, que, assim como os outros convidados para o curso, achou a ideia do fotógrafo e cineasta absurda. “Ficávamos nos perguntando como uma pessoa privada da visão poderia fotografar, achávamos impossível”, relembra.
Admirável mundo novo
Após as primeiras aulas, as barreiras impostas pelos próprios alunos começaram a ser quebradas. “Começamos a usar muito mais nosso lado sensorial, então entendemos que a fotografia para o deficiente visual é feita pelos sentidos”, esclarece Teco. Nos dois primeiros meses do curso de um semestre, os alunos trabalharam para fortalecer o lado sensorial.
“Daí pegamos nas máquinas e começamos o trabalho de capturar imagens”, conta Teco, que relembra a confiança que o grupo de deficientes visuais conquistou. “Pois é, o preconceito estava em nós mesmos”, diz. A partir desta etapa, Teco Barbero nunca mais abandonou a câmera. Ele começou a realizar uma série de eventos, comerciais e campanhas.
Aluna deficiente visual em curso de fotografia ministrado por Teco (Foto: Divulgação)Aluna deficiente visual em curso de fotografia
ministrado por Teco (Foto: Divulgação)
Ensinando a crescer
Com estas conquistas, em 2010, Teco foi convidado para dar aulas de forma voluntária em um mini-curso de fotografia na capital paulista. Desde então, ele viajou por diversas partes do país para ensinar a arte de escrever com a luz a todos os tipos de pessoas. “Nós deficientes visuais que nos aventuramos pela arte da fotografia provamos que, para quem captura imagens, a luz não é o mais importante, pois nós fazemos fotos com a sensibilidade da nossa alma”, conta.
No início deste mês o fotógrafo seguiu para o interior do Rio Grande do Sul, convidado pela professora de fotojornalismo de uma universidade federal. “A universidade recebeu pela primeira vez uma aluna deficiente visual e não sabiam como ensiná-la. É triste, mas falta preparação para os professores do nível superior como um todo. O deficiente quer vencer seus limites e cursar uma faculdade, por isso eles precisam se preparar”, destaca Teco.
Conhecimento
“Um homem que registra imagens com a visão da alma”. Esta é a frase que define o profissional Teco Barbero em seu site. Ele disse ao G1 que procura por um ajudante, que seja tão apaixonado quanto ele pela fotografia.
“Pode ser uma estudante ou uma recém formada, mas preciso de uma pessoa de confiança para me acompanhar nos eventos e trabalhos que realizo. Alguém que esteja disposto a aprender junto comigo e a me ensinar também”, define. As pessoas interessadas poderão entrar em contato através do e-mail: barbero51@r7.com

"Fotografar é poder mostrar às pessoas como eu literalmente vejo o mundo", diz Teco Barbero (Foto: Divulgação) 
"Fotografar é poder mostrar às pessoas como eu, literalmente, 
vejo o mundo", diz Teco (Foto: Divulgação)

Fonte: http://g1.globo.com/sao-paulo/sorocaba-jundiai/noticia/2012/04/deficiente-visual-completa-10-anos-de-fotografia-em-sorocaba-sp.html

Notícia da semana - Acidente do filho do cantor Leonardo


Médicos  de  Pedro  Leonardo  autorizam  visitas  apenas 

 a  parentes  próximos

Estado de cantor ainda é grave e ele deve ficar em coma induzido até esta segunda
Do R7
leonardoReprodução
Veja fotos do acidente
Cantor Pedro Leonardo sofreu acidente de carro nesta sexta-feira (20)

































Os médicos de Pedro Leonardo
 restringiram as visitas ao cantor
 sertanejo apenas a parentes mais
próximos. De acordo com o empresário
da dupla Pedro e Thiago, Marden Saddi,
 somente a esposa, a mãe e o pai
 de Pedro podem entrar na UTI
(Unidade de Tratamento Intensivo)
do hospital particular de Goiânia (GO),
onde o cantor é mantido em coma induzido
para se recuperar de um acidente que sofreu
nesta sexta-feira (20).
Ainda segundo o empresário,
os familiares de Pedro estão muito otimistas com
relação à recuperação
 do cantor, apesar de saberem que o quadro
 dele ainda é grave.
 Saddi afirmou que conversou com a esposa do cantor
após a visita
deste sábado (21) e, segundo ele, ela está preocupada,
mas mais confiante.
— A família levou um susto no primeiro dia, mas agora está até
 aliviada, pois pensaram que a cabeça tivesse sido mais afetada
 e a coluna também. Ninguém tem dúvidas de que ele vai ficar bem. 
Exames comprovaram que o artista tem um inchaço no cérebro,
 mas só será possível descobrir se houve lesões sérias quando
 os sedativos forem retirados.  Pedro sofreu ainda uma lesão no
baço e uma perfuração em uma membrana que fica
entre o estômago e o intestino.
Logo após o acidente, ele passou por uma intervenção cirúrgica no
 Hospital Municipal Modesto de Carvalho, na cidade de Itumbiara,
 interior de Goiás, antes de ser transferido para uma unidade na capital.
O cantor Leonardo, a mãe de Pedro e o parceiro de dupla e primo,
Tiago, foram ao hospital logo após a transferência do cantor.
 O pai da vítima chegou a dizer que sempre orientou o filho
não dirigir após shows.
Acidente
Pedro foi arremessado para fora do carro, após capotar o veículo.
O acidente aconteceu por volta das 6h30 de sexta-feira, no km 26
da rodovia MG 452, na região de Tupaciguara, em Minas Gerais.
A informação foi confirmada pelo policial rodoviário Ivan Flávio Costa,
que atendeu a ocorrência.

Veja fotos do acidente com Pedro
Segundo Costa, ele estava sozinho e não bateu em nenhum veículo.
O policial disse acreditar que, pela situação do acidente, o cantor teria
 dormido ao volante. Pedro voltava de um show em Uberlândia.
Por volta das 12h40,
Pedro Leonardo
passou por uma cirurgia no baço e
 tinha dificuldades para respirar,
 segundo o médico do artista,
Ernane Rodrigues Oliveira.
O rapaz já participou do programa
A Fazenda (Record), e faz dupla
com o seu primo Thiago, filho de Leandro.

Assista ao vídeo:



Fonte: http://noticias.r7.com/cidades/noticias/medicos-de-pedro-leonar
do-autorizam-visitas-apenas-a-parentes-proximos-20120422.html

MEC vai recorrer de decisão judicial que liberou matrícula de menores de 6 anos no ensino fundamental


MEC vai recorrer de decisão judicial que liberou matrícula de menores de 6 anos no ensino fundamental

Amanda Cieglinski
Da Agência Brasil, em Brasília

Dez fatos que você não sabia sobre a educação brasileira

Foto 1 de 11 - Qual é o curso superior com mais matriculados? O que Mr. Bean tem a ver com o Enem? Quando foi criado o vestibular? Conheça dez fatos que você não sabia sobre a educação brasileira Arte/UOL
Em resolução aprovada em 2010, o Conselho Nacional de Educação (CNE) estabeleceu que apenas crianças que completassem 6 anos de idade até 31 de março do ano em curso poderiam ser matriculadas no 1° ano do ensino do ensino fundamental. Os alunos que completassem 6 anos a partir de abril deveriam ser matriculados na pré-escola.
A decisão da Justiça Federal suspende a resolução do CNE e garante a matrícula dos menores de 6 anos desde que seja comprovado, por meio de avaliação pedagógica, a capacidade intelectual do aluno. Esse teste deverá ser aplicado pela própria escola.
O MEC informou que aguarda julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF) de uma ação declaratória de constitucionalidade (ADC) sobre o mesmo assunto, impetrada em 2007 pelo governo de Mato Grosso do Sul. O argumento é que a decisão do STF poderá prejudicar a decisão da Justiça Federal em Pernambuco.
O objetivo da resolução do CNE era organizar o ingresso dos alunos no ensino fundamental, já que, até então, cada rede de ensino fixava uma regra própria. O colegiado defendia, à época, que a criança poderia ser prejudicada ao ingressar precocemente no ensino fundamental sem o desenvolvimento intelectual e social necessário à etapa. As decisões do CNE não têm força de lei, mas servem de orientação geral para os sistemas públicos e privados de ensino.
A sentença da Justiça Federal determina que a União deverá informar as secretarias de Educação sobre a mudança no prazo de 30 dias, sob pena de multa diária de R$ 10 mil. No caso de descumprimento da decisão, a multa diária sobe para R$ 100 mil e, ainda, há previsão de multa de R$ 30 mil caso seja expedido “qualquer ato normativo contrário à determinação judicial”. Para o MPF, as regras do conselho ferem o princípio constitucional da isonomia porque não consideram as peculiaridades de cada criança, que devem ser analisadas de forma individual.

Distúrbios de Aprendizagem

Loading...

Psicopedagogia

Loading...

Dislexia

Loading...

TDAH

Loading...

AEE

Loading...

Língua Portuguesa

Loading...

Cérebro

Loading...

Minha lista de blogs

Revista INCLUSIVE

div id=Inclusive-Widget>