25 de jan de 2012


Veja dicas para economizar com material escolar sem desagradar os filhos


Na volta às aulas é possível aliar a economia na compra do material escolar com a educação financeira dos filhos. Os pais também podem aproveitar a oportunidade para falar sobre o consumo consciente com as crianças.
Para economizar na compra dos itens que serão utilizados ao longo do ano, a dica é conservar, reaproveitar e comprar apenas quando for necessário. Nesse sentido, a pedagoga da Mercur, Márcia Murillo, elaborou algumas dicas que ajudam a poupar dinheiro, sem desagradar as crianças. Confira:
Conserve
Mantenha os materiais organizados (lápis nos estojos, livros encapados, colas e tintas tampadas), pois fica mais fácil conservá-los em bom estado por mais tempo;
Encapar os cadernos, as agendas e os livros ajuda a mantê-los conservados por mais tempo. Uma dica é utilizar folhas ou adesivos plásticos;
É interessante sempre guardar o conjunto de lápis de cor no estojo, pois ajuda na proteção dos produtos. Quanto menos eles caírem no chão melhor, para evitar que o grafite se quebre;
Se possível, lave as mochilas e as lancheiras com certa frequência. Além de ficaram em bom estado, também manterão limpos os produtos e materiais que estarão dentro delas.
Reaproveite
Para dar um novo aspecto aos lápis que descascaram ao longo do ano vale encapá-los com papeis e/ou adesivos.
Outra dica específica para o estojo é utilizar outros materiais como tecido, tintas, colas e produtos de pintura para personalizá-lo com desenhos feitos a mão.
Buscando diminuir o desperdício, é possível aproveitar os cadernos que foram usados pela metade. Basta arrancar as folhas já utilizadas e juntar tudo numa mesma encadernação, utilizando uma espiral. A melhor parte será customizar a capa usando recorte de revistas, adesivos etc. e aproveitar o momento para integração entre pais e filhos.
As réguas que também estiverem com aspecto desgastado podem ser revitalizadas com a aplicação de adesivos, pinturas etc.
Buscar nas escolas se há meios para a troca de livros entre as séries é uma boa ideia. Isso vai evitar que as turmas comprem livros que podem ser reutilizados a cada ano, desde que com o consentimento da equipe de coordenação pedagógica da escola. Um simples ato de trocar um livro entre alunos vai contribuir para redução dos problemas de esgotamento dos recursos não-renováveis dos quais depende a fabricação do papel, por exemplo.
Conversar é sempre uma boa maneira de conscientizar a todos sobre a importância social e ambiental de reutilizar de forma criativa os produtos. Além disso, pode ser considerada uma forma divertida de integrar a família.
Compre, quando for necessário
Ao escolher os materiais escolares, busque, sempre que possível, pelos de maior vida útil. Desta forma o aproveitamento será maior e é bem provável que os pais voltem a comprar o mesmo material com uma frequência bem menor.
Atualmente, existem muitos produtos que podem ser reutilizados com a troca do refil. Além de custarem mais barato, seus consumidores estarão contribuindo para economizar a matéria-prima da embalagem que seria utilizada para fabricar um novo produto.
Busque pesquisar os preços antes de efetuar a compra de materiais novos para economizar nos gastos.
Antes de comprar os livros, leve a lista até um sebo, que normalmente vende os produtos com descontos significativos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Distúrbios de Aprendizagem

Loading...

Psicopedagogia

Loading...

Dislexia

Loading...

TDAH

Loading...

AEE

Loading...

Língua Portuguesa

Loading...

Cérebro

Loading...

Minha lista de blogs

Revista INCLUSIVE

div id=Inclusive-Widget>