5 de dez de 2012

Estimulação Motora - avaliação - AHEMD


Projecto AHEMDOportunidades de estimulação motora na casa familiar
(Affordances in the home environment for motor development)

Introdução Objectivos  Pertinência Desenvolvimento AHEMD  Questionários AHEMDCalculador AHEMD

Objectivos

O objectivo do projecto AHEMD  (Affordances in the Home Environment for Motor Development) é proporcionar aos investigadores, educadores, e pais, uma ferramenta fiável de avaliação da qualidade e quantidade das oportunidades de estimulação motora infantil presente na casa familiar.
A ideia condutora deste projecto, profundamente influenciado pela teoria ecológica das Affordances (Gibson, J.J., 1979; Gibson, E.J., 2002), é que a casa familiar contêm oportunidades (affordances) que podem proporcionar estimulações motoras positivas para as crianças que nela vivem, especialmente durante a infância.
Esperamos que este projecto possa contribuir de forma significativa para a compreensão do potencial de desenvolvimento motor presente no ambiente familiar - factor que é reconhecido como crítico para o desenvolvimento integral da criança. 



Pertinência

Este projecto apoia-se em duas ideias consideradas essenciais no entendimento da ecologia do desenvolvimento humano:
  •    A estimulação ambiental tem um papel crítico nas fases mais precoces do desenvolvimento humano cujo nível óptimo de desenvolvimento ocorre preferencialmente em contextos ricos de suporte  e estimulação (Diamond & Hopson, 1998; Fischer & Rose, 1998).
  •    A inter-relação entre  desenvolvimento motor, perceptual e cognitivo é bem aceite entre os especialistas (e.g., Bertenthal & Campos, 1990; Bradley et al., 1989; Diamond, 2000; Thelen & Smith, 1994), o que sugere a importância do comportamento motor como factor geral do bem-estar da criança.
 Os questionários têm provado ser instrumentos fiáveis para proceder à avaliação do ambiente familiar (e.g. HOME Inventory by Bradley & Caldwell, 1984). Apesar disso a informação relativa às condições de estimulação motora no ambiente familiar e às suas reais repercussões no desenvolvimento motor das crianças é ainda mínima, e a necessidade de criação de um instrumento válido de observação tem sido enfaticamente defendido pelos investigadores  (Abbott et al, 2000).
AHEMD foi construído para tentar dar resposta a esta necessidade, proporcionando à comunidade académica, clínica e educacional, um instrumento de avaliação válido e  prático.
A natureza e características deste instrumento fazem dele também um elemento valioso para educadores e pais preocupados com o bem-estar dos seus filhos e educandos.

Desenvolvimento do AHEMD

Foram desenvolvidos duas versões do AHEMD (2-a-18 meses; e 18-a-42 meses) que foram traduzidas em três línguas diferentes (Português, Inglês e Espanhol).
A validade da versão do AHEMD (18-a-42 meses) foi já inicialmente testada (Rodrigues, 2005Rodrigues, Saraiva, & Gabbard, 2005), e é disponibilizada pelos autores neste sítio (pode fazer download de um questionário em PDF e de uma folha Excel para avaliação dos resultados individuais).
Os Laboratórios de Desenvolvimento Motor do IPVC e da TAMU continuam a colaborar no sentido de proceder à validação em contextos culturais diferenciados. Os autores gostariam de poder contar com investigadores interessados em colaborar neste projecto.
Projectos de Investigação a decorrer

Validation of the 3-to-18 months AHEMD-IS (Infant Scale).
Priscila Caçola, Carl Gabbard (Texas A&M University)
Denise Santos (UNIMEP, Brazil)

Adaptation of diagnostic tools for asessing the physical and social environment of children, ages 6 to 36 months  (Grant: N N106 058837).
Elżbieta Hornowska & Anna Izabela Brzezińska
(Institute of Psychology, Adam Mickiewicz University in Poznań, Poland )

Publicações
Cacola, P., Gabbard, C., Santos, D. C., & Batistela, A. C. (2011). Development of the affordances in the home environment for motor development - infant scale. Pediatr Int. (doi: 10.1111/j.1442-200X.2011.03386.x)
Hsieh, Y. H., Hwang, A. W., Liao, H. F., Chen, P. C., Hsieh, W. S., & Chu, P. Y. (2011). Psychometric properties of a Chinese version of the home environment measure for motor development. Disabil Rehabil. (doi:10.3109/09638288.2011.574775)
Miquelote AF (2011). Correlação entre as características do ambiente domiciliar e o desempenho motor e cognitivo de lactentes. [Dissertação]. Piracicaba: UNIMEP. (pdf)
 Freitas TCB (2011). Relação entre as oportunidades de estimulação motora presentes no ambiente domiciliar e a condição socioeconômica da família.  [Dissertação]. Piracicaba: UNIMEP. (pdf)
 Batistela A. (2010). Relação entre as oportunidades de estimulação motora no lar e o desempenho motor de lactentes – um estudo exploratório. [Dissertação]. Piracicaba: UNIMEP. (pdf)
Rodrigues, Luis & Gabbard, Carl (2009). Assessing Motor Affordances in the Home Evironment: Development and validation of the AHEMD (Affordances in the Home Environment for Motor Development). Saarbrucken: VDM Verlag Dr Muller.  LINK
Nobre, F., Costa, C., Oliveira, D., Cabral, D., Nobre, G., & Caçola, P. (2009). Análise das oportunidades para o desenvolvimento motor (affordances) em ambientes domésticos no Ceará – Brasil. Revista Brasileira Crescimento Desenvolvimento Humano, 19(1), 9-18. (PDF)
Temple, V. A., Naylor, P, Rhodes, R.E., & Higgins, J. W. (2009). Physical activity of children             in family child care. Applied Physiology, Nutrition, and Metabolism, 34, 794-798.
Haydari, A., Askari, P., & Nezhad, M. Z. (2009). Relationship between affordances in the home Environment and motor development in children ages 18-42 months. Journal of Social Sciences, 5(4), 319-328.
Muller, Alessandra (2008). Efeitos da intervenção motora em diferentes contextos no desenvolvimento da criança com atraso motor. Dissertação Mestrado. Porto Alegre: UFRGS. LINK
Schobert, Lucila (2008). O desenvolvimento motor de bebês em creches: um olhar sobre diferentes contextos. Dissertação Mestrado. Porto Alegre: UFRGS. LINK
Gabbard, C., Caçola, P, Rodrigues, L. (2008). A New Inventory for Assessing Affordances in the Home Environment for Motor Development (AHEMD-SR). Early Childhood Educ J, (http://dx.doi.org/10.1007/s10643-008-0235-6 ) (PDF).
Rodrigues, Luis & Gabbard, Carl (2007). O AHEMD. Instrumento para avaliação das oportunidades de estimulação motora de crianças entre os 18 e os 41 meses de idade. In Actas do 2º Congresso Internacional de Aprendizagem na Educação de Infância (pp ). Maia:  Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti.(PDF).
Gabbard, Carl & Rodrigues, Luis (2007). Affordances for motor development. In Ruy Krebs & Carlos Neto (Eds) Tópicos em Desenvolvimento Motor na Infância e Adolescência, (pp  ) Rio de Janeiro: LECSU.
Rodrigues, L. & Gabbard, C. (2007). Avaliação das oportunidades de estimulação motora presentes na casa familiar: projecto affordances in the home environment for motor development. In J. Barreiros, R. Cordovil, & S. Carvalheira (Eds) Desenvolvimento Motor da Criança (pp 51-60). Lisboa: Edições FMH. (PDF)
Rodrigues, L. & Gabbard, C. (2006). O AHEMD. Um novo instrumento para avaliar as oportunidades da casa para o desenvolvimento das crianças. Actas do VI Simpósio Nacional de Investigação em Psicologia: Associação Portuguesa de Psicologia. (PDF)
Rodrigues, Luis, (2005). Development and validation of the AHEMD-SR (Affordances in the Home Environment for Motor Development-Self Report). Doctoral Dissertation. Texas A&M University, USA.
Rodrigues, Luis, Saraiva, Linda & Gabbard, Carl (2005). Development and structural validation of an    inventory for assessing affordances in the home environment for motor development. Research Quarterly for Exercise and Sport76, 140-148. (PDF)
Apresentações em Conferências
Rodrigues, Luis & Gabbard, Carl (2009). Gender invariance of the AHEMD (affordances in the home environment for motor development)NASPSPA 2009 Conference. Austin, USA.
Ammar, Diala, Rodrigues, Luis & Gabbard, Carl (2009). Lebanese cross-cultural adaptation of the affordances in the home environment for motor development (AHEMD) instrumentNASPSPA 2009 Conference. Austin, USA
Hsieh YH, Hwang AW, Chen PC, Hsieh WS, Chu PY, Liao HF. (2008). Reliability and Validity of the Affordances in the Home Environment for Motor Development Self Report - the Chinese version. 10th International Congress of the Asian Confederation for Physical Therapy.Chiba, Japan.
Rodrigues, Luis & Gabbard, Carl (2007). O AHEMD. Instrumento para avaliação das oportunidades de estimulação motora de crianças entre os 18 e os 41 meses de idade. In 2º Congresso Internacional de Aprendizagem na Educação de Infância. Maia:  Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti.
Rodrigues, Luis & Gabbard, Carl (2007). Avaliação das oportunidades de estimulação motora presentes na casa familiar: projecto affordances in the home environment for motor developmentSeminário em Desenvolvimento Motor da Criança (pp 51-60). Lisboa: Faculdade Motricidade Humana
Rodrigues, L. & Gabbard, C. (2006). O AHEMD. Um novo instrumento para avaliar as oportunidades da casa para o desenvolvimento das crianças. VI Simpósio Nacional de Investigação em Psicologia. Associação Portuguesa de Psicologia: Universidade de Évora.
Rodrigues, L. & Gabbard, C. (2005).  Influência das oportunidades de estimulação motora presentes na casa familiar nos níveis de desempenho motor de crianças até aos 42 meses de idade. 2º Seminário Internacional de Educação Física, Lazer e SaúdeBraga: IEC.
Rodrigues, L. & Gabbard, C. (2004). Um novo instrumento para avaliar as oportunidades de estimulação motora para crianças na casa familiar, o AHEMD-SR. X Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa. Porto: FCDEF.
Rodrigues, L. & Gabbard, C. (2004). Home Affordances and Motor Development in Young Children: Validation of the AHEMD-SR (Affordances in the Home Environment for Motor Development – Self Report).  NASPSPA2004 ConferenceVancouver, Canadá
Rodrigues, L., Saraiva, L. & Gabbard, C. (2003). Construct Validity of the Self-Report Version of the AHEMD (Affordances in the Home Environment for Motor Development.  NASPSPA 2003 Conference. Savannah, EUA.
Rodrigues, L & Gabbard, C. (2003). Structural validation of an inventory for assessing home environment opportunities for motor development: the AHEMD-SR.  Graduate Research Symposium. College Station, EUA
Rodrigues, L & Gabbard, C. (2002). Effects of the Home Environment on Motor Development of Infants: research and clinical applications.   Motor Development Research ConsortiumAustin: University of Texas.
Rodrigues, L & Gabbard, C. (2002). A Home Inventory of Infant Motor Development Affordances.  North American Society for the Psychology of Sport and Physical Activity (NASPSPA) 2002 ConferenceBaltimore, EUA
Rodrigues, L & Gabbard, C. (2002).  Assessing Motor Development Affordances in the Home.  Educational Research ExchangeCollege Station: Texas A&M.




http://www.ese.ipvc.pt/dmh/AHEMD/pdf/Portugues%20%20AHEMD%2018-42.pdf



Calculador AHEMD

O objectivo deste calculador é o de providenciar informação rápida e individualizada sobre os resultados do questionário AHEMD. Pode ser utilizado em investigação, mas também é útil como um indicador prático para pais e educadores poderem avaliar o ambiente de estimulação (motora) das suas casas.
O calculador para os 18-a-42 meses foi construído numa folha Excel e pode ser descarregado em baixo.
Esta é uma versão experimental. Todos os comentários são imensamente apreciados, podendo ser enviados para lprodrigues@ese.ipvc.pt. Obrigado.

18-a-42 meses12-a-18 meses2-a-12 meses
NOVA VERSÃO 1.6





fONTE: http://www.ese.ipvc.pt

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Distúrbios de Aprendizagem

Loading...

Psicopedagogia

Loading...

Dislexia

Loading...

TDAH

Loading...

AEE

Loading...

Língua Portuguesa

Loading...

Cérebro

Loading...

Minha lista de blogs

Revista INCLUSIVE

div id=Inclusive-Widget>